#FILMOTECA# - "Hannah" (2017)

6개월 전

Fonte: Divulgação (El País)

Sinopse: Hannah é uma mulher de terceira idade que se divide entre as aulas de teatro, a natação e o trabalho como empregada doméstica. Quando o marido vai preso, ela não tem alternativa a não ser a solidão, por isso tenta refazer laços perdidos com descendentes, mas há um segredo na família que dificulta seu relacionamento com terceiros.

Envelhecer é uma dádiva que todos nós deveríamos aprender a cultivar e aceitar... Afinal, nem todos são sortudos o suficiente para chegar até lá, não é? Mas, uma vez que se chega nesse estágio da vida, até onde vale à pena continuar quando à vida te pega de jeito e te faz ficar sozinho e sem rumo para dar os próximos passos? Em Hannah, o foco é exatamente esse o futuro, os desdobramentos e os impactos que a terceira idade pode trazer.

Fonte: Divulgação (The Experiment)

Charlottle Rampling estrela (de maneira surpreendente e com uma qualidade incontestável) este drama com um poder de expressão fácil absurdo. O filme é praticamente não verbalizado e muito mais focado em olhares ou semblantes, mas o roteiro é cheio de simbolismo, forte e consistente o suficiente para passar a sua mensagem onde a solidão é a simples e mais verdadeira (e até cruel, em diversos momentos) das protagonistas.

Ao longo da história, nos deparamos com a rotina de uma mulher que ao se ver obrigada a viver uma nova vida, tem que se readaptar em uma fase onde ela não mais se sente motivada para tal. Apesar de suas atividades diárias (algo que deveria animá-la), ela vive um clima de monotonia absurdo e ao tentar se reconectar com seu passado (numa busca por superação e aceitação), ela mergulha ainda fundo em águas misteriosas.

Fonte: Divulgação (Time)

Lento em seu desenvolvimento (porém sempre assertivo em seus caminhos), o filme pode afugentar aquele público mais "impaciente". No entanto, quem se deixar levar pela narrativa e olhar nas entrelinhas da história (ainda que isso demore a acontecer... porque eu mesmo me senti assim antes de mudar de opinião), irá presenciar uma rica perspectiva relacionada ao poder que a velhice trás e principalmente, o quanto ela é importante para todos que não a temem (e simplesmente a aceitam... como deveria ser).

Reflexivo desde as suas primeiras cenas, o filme impressiona pela tempestiva calmaria que desperta com o passar de sua projeção. Ao passo que a narrativa se ramifica, vários pontos de reflexão são automaticamente oferecidos ao público, que por sua vez, ao optar por destrinchá-los irá ter material o suficiente para um ótimo debate... Não apenas pela questão da velhice em si - algo que naturalmente já é muito desafiador -, mas em como essa fase da vida também é responsável por provocar mudanças em muitas outras pessoas.

Fonte: Divulgação (Hollywood Reporter)

Dirigido por Andrea Pallaoro de uma forma bem intimista (fazendo com que o público sinta-se parte da construção narrativa), a arma mais poderosa utilizada por ela é o silêncio que se faz presente em grande parte do filme. Porém, há um grau ensurdecedor relacionado a esse aspecto, porque poucos filmes utilizaram-se de um silêncio que gritasse tão alto na tela e ainda sim, deixasse no ar tantas dúvidas... Coisas da vida que nem sempre podem ser explicada da maneira que nós queremos ou precisamos.

Contando com uma fotografia bem posta e uma trilha sonora que ataca nos momentos certos, a qualidade do filme fica ainda mais redonda e torna a experiência de assisti-lo em algo ainda mais importante e prazeroso.

O ritmo meio que sufoca (no sentido de realmente incomodar o público) é aliado a uma tônica pungente (aqui vale destacar uma reconciliação de laços afetivos e também, uma reinserção social) que centra a trama de uma maneira singela, mas que esconde muita brutalidade em sua realidade, mostrando - dentre outros prismas - o quão desumano uma ser humano pode ser.

Fonte: Divulgação (IndieWire)

Hannah é aquele tipo de filme que não pode ser apenas assistido (principalmente se a sua intenção for apenas matar o tempo), mas sim, apreciado e também sentido em seus mais mínimos e grandiosos detalhes porque há muita beleza na velhice... Muitas pessoas apenas precisam mudar a sua maneira de vê-la e apreciá-la da melhor maneira possível.


View this post on Steeve, an AI-powered Steem interface

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
STEEMKR.COM IS SPONSORED BY
ADVERTISEMENT
Sort Order:  trending

Obrigada por partilhar, fiquei com muita vontade de ver...

ptgram

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

Não fique só na vontade, @isabelpereira... Assista-o! :D

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

This post was upvoted by SteeveBot!

SteeveBot regularly upvotes stories that are appreciated by the community around Steeve, an AI-powered Steem interface.

·

Thanks, @steevebot!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface


Congratulations @wiseagent!
You raised your level and are now a Minnow!

Do not miss the last post from @steemitboard:

Are you a DrugWars early adopter? Benvenuto in famiglia!
Vote for @Steemitboard as a witness to get one more award and increased upvotes!

Se o filme for tão bom quanto essa resenha vai ser extraordinário! Fiquei com muita vontade de assistir.

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

Opa, obrigado pelo elogio! :D

Então, como eu mencionei no post... O filme tem um ritmo que às vezes é bem lento, mas isso não me incomoda (não a ponto de me fazer desistir de assistir a algum filme) quando a história é realmente boa (e nisso, o filme tem qualidade de sobra).

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·
·

Sim, estamos acostumados com um ritmo mais acelerado e quando nos deparamos com algo diferente costuma ser um choque. Quando isso acontece eu fico particularmente espantada e encantada ao mesmo tempo. Me faz parar para pensar que nem toda fórmula de sucesso precisa ser repetida para se obter um resultado de qualidade. E exatamente por ser diferente é que acaba se tornando ainda mais especial.

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·
·
·

"E exatamente por ser diferente é que acaba se tornando ainda mais especial."

Depois de ler isso, posso te dizer sem pensar duas vezes: Assista esse filme sem medo, porque você vai curtir MUITO! :D

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

A comunidade lusófona agradece a sua participação. Parabéns pela consistência.

ptgram power: | faça parte | grupos | projetos | membros | ptg shares | trilha premium | fórum externo | fórum na blockchain |

...

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

Valeu! \o/

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Depois deste post fica fácil decidir assistir o filme. Que boa ideia fazer uma descrição e resumo. Obrigado.

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

Opa! Obrigado, @pataty69!

Se decidir assisti-lo, com certeza irá gostar.

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Pela resenha, fiquei com muita vontade de ver esse filme, obrigado pela recomendação, ta na lista pro fim de semana! :D

Ptgram

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

Com certeza, é um filme que merece ser visto! Espero que goste. :)

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Já coloquei na lista aqui amigo, não tinha visto esse filme. Valeu por compartilhar.

ptgram

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

De nada, brother! Quando puder, assista mesmo! :D

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Olha ai, mais uma dica de coisa muito boa!

Vlw!


ptgram

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

·

Pode ter certeza de que esse filme é de qualidade, @alexandrecseco! Cinema de primeira categoria! ;)

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface