Um perigo quase invisível: os produtos de limpeza. #Sustentabilidade

2년 전

Recentemente, tenho visto muitos artigos relacionados ao combate do uso indiscriminado do plástico pela sociedade atual, esse uso do plástico realmente precisa ser revisto e principalmente repensado. Mas o que às vezes muitas pessoas que são conectadas à causas ambientais não percebem, é o uso indiscriminado de produtos de limpeza, esse realmente é difícil de perceber, pois não causam tantos danos vistos a olhos nus como o plástico.



 
Curvas do Parque Nacional de Anavilhanas Fonte


01.png
 

Com a industrialização e a tecnologia, é obvio que todas as áreas relacionadas ao ser humano seriam beneficiadas de alguma forma e os cuidados com a limpeza, seja ela pessoal ou do lar, foram algumas delas. Lembro da minha mãe fazendo a limpeza de casa quando eu era criança, era um trabalho quase totalmente braçal.
 
Os produtos de limpeza atuais, prometem a facilidade na hora da limpeza, e cumprem, mas qual o custo dessa comodidade? Infelizmente esse custo não é apenas ambiental, é um custo de saúde pessoal também, pois diversos produtos usam de reações químicas nocivas ao ser humano e outros tantos se utilizam de produtos tóxicos.
 
Não entrarei na questão da saúde pois não sou o mais indicado a fazê-lo, ficarei na questão ambiental. Pesquisei muito sobre estudos feitos que comprovem o impacto desses produtos na natureza mas não obtive sucesso. Acredito que deva ser até difícil de fazer tais estudos, pois não se sabe ao certo a origem de determinados componentes em um rio por exemplo.
 
Mas consegui encontrar um artigo de três páginas do Ministério do Meio Ambiente que já baixei, pois acredito que o atual governo o desconheça, por isso ele ainda existe lá. O fato determinante disso tudo é que esses produtos sintéticos poderiam ter sua atuação minimizada na natureza se houvesse no país uma política séria de tratamento de esgoto.
 
Dados do ano passado (2018), demonstram que apenas 45% do esgoto no país é tratado. Não existem dados para a quantidade de tratamento desse esgoto para produtos químicos. Portanto, a maior parte do esgoto no Brasil é despejada diretamente nos mananciais do país sem o mínimo tratamento.
 
A única legislação ainda vigente a respeito desses produtos, diz respeito apenas à quantidade de fosfato, que é um componente que reduz a absorção de oxigênio pela água, causando danos às plantas, peixes e qualquer organismo vivo. Além disso, o fosfato favorece a reprodução de algas vermelhas que são responsáveis também pela diminuição do oxigênio da água.
 
A combinação de todos esses produtos lançados irresponsavelmente na natureza, culminam em males a todo o ecossistema, vale lembrar que aquela água que hoje é poluída, será a água que beberemos amanhã, pois o tratamento feito para tornar “águas sujas” em potáveis, permite que diversos químicos que causam males à nossa saúde passem e sejam ingeridos por nós.
 
Com esse breve conhecimento acerca do assunto, decidi eliminar tais produtos da minha dispensa. Há seis meses já aboli o cloro da minha residência pelo fato de minha filha ter alergias graves a esse produto mesmo sem ter contato direto. Isso foi o gatilho para começar a pesquisar e entender os males causados à nossa saúde e ao meio ambiente.
 
Existem diversos produtos biodegradáveis que dão conta do trabalho sem a necessidade de extremo esforço físico, coisas que geralmente temos em casa, como bicarbonato de sódio, limão, vinagre, entre outros produtos.
 
Uma forma de minimizar também é usar sabão em barra, este também causa males à natureza, mas em proporções bem menores, os de coco causam menos males que os de glicerina. O bom disso tudo é que se torna uma via de mão dupla, pois diminuindo o consumo desses produtos, diminui a quantidade de plástico utilizada.
 
Por fim, tenho feito alguns “experimentos” e acredito que em pouco tempo estarei totalmente livre do consumo de produtos de limpeza industrializados. Mesmo sendo ínfima a minha parcela de contribuição à natureza, é o que posso fazer para minimizar a minha “pegada” no planeta.

01.png


Todos os meus posts estão agrupados no Steem Center. Acompanhe: Link.


01.png

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
STEEMKR.COM IS SPONSORED BY
ADVERTISEMENT
Sort Order:  trending

This post was upvoted by SteeveBot!

SteeveBot regularly upvotes stories that are appreciated by the community around Steeve, an AI-powered Steem interface.

This story was recommended by Steeve to its users and upvoted by one or more of them.

Check @steeveapp to learn more about Steeve, an AI-powered Steem interface.

UpvoteBank
Your upvote bank
__2.jpgThis post have been upvoted by the @UpvoteBank service. Want to know more and receive "free" upvotes click here

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

·

Obrigado!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Hi @demokratos!

Your post was upvoted by @steem-ua, new Steem dApp, using UserAuthority for algorithmic post curation!
Your UA account score is currently 1.389 which ranks you at #42878 across all Steem accounts.
Your rank has improved 10374 places in the last three days (old rank 53252).

In our last Algorithmic Curation Round, consisting of 175 contributions, your post is ranked at #134.

Evaluation of your UA score:
  • Only a few people are following you, try to convince more people with good work.
  • The readers like your work!
  • You have already shown user engagement, try to improve it further.

Feel free to join our @steem-ua Discord server